06 dicas de como escolher um bairro residencial ideal para você

test

A decisão de comprar um apartamento é um momento importante em nossas vidas. Isso porque diversos fatores pessoais e profissionais influenciam e são importantes na nossa decisão. O bairro residencial ou comercial, por exemplo, é um fator chave, pois ele é um ponto que vai influenciar não só no preço do imóvel, como também na segurança e na qualidade de vida dos moradores.


 

Então, muitas vezes, o valor de investimento financeiro pode gerar mais prejuízo do que benefício, se a escolha do bairro for mal planejada.


 

Neste artigo, vamos conhecer algumas dicas sobre como escolher corretamente o bairro residencial para o seu futuro lar, e que incluem a localização, vias de acesso, policiamento, iluminação pública, lazer, a vizinhança e o fluxo de pessoas em diferentes horários do dia.


 

Continue a leitura e saiba mais!

06 dicas de como escolher um bairro residencial ideal para você

 

1- Analise a sua rotina e prioridades

Esse é o primeiro ponto a ser levado em consideração, sobretudo em grandes cidades nas quais a mobilidade gera um gasto de tempo grande para se movimentar no fluxo entre a rotina de trabalho, lazer e casa.

Quando já se está estabelecido em lugar com toda rotina organizada, a mudança pode gerar imprevistos, prejuízos e grande estresse. Dessa forma, no primeiro passo, ponha no papel as suas prioridades e o que não pode faltar de serviços perto da sua casa, se sua saúde exige proximidade com postos ou hospitais, por exemplo. 


 

Você vai morar sozinho ou acompanhado, quais são as necessidades de quem poderá  morar com você? Questões de hábitos intergeracionais também influenciam nessa decisão. Crianças e idosos possuem necessidades específicas para ter qualidade de vida em um bairro residencial, como hospital ou farmácia.

 

2- Infraestrutura do bairro residencial

O que você precisa acessar com mobilidade fácil na sua rotina, de acordo com seu poder de consumo também é importante, ou se você gosta de manter vínculos comunitários, alguns serviços ou equipamentos sociais e culturais devem ser levados em consideração.

E não somente isso. Verifique como estão as ruas, caso você use carro para se deslocar; se usa bicicleta, se existem ciclovias próximas ou parques para passeios e pedaladas. Um prédio perto de praças arborizadas. Para quem prefere a vida noturna próxima de casa, existem bares, restaurantes e outros espaços de encontro. 


 

Ciclovia da Av. Faria Lima em Pinheiros-SP

 

Avaliar a boa infraestrutura de um bairro residencial também leva em consideração de que forma a Prefeitura investe naquela região em relação aos serviços e obras públicas porque também será um imposto incluído. 


 

Bairros próximos a shopping, supermercados, hospitais e escolas são os mais procurados, pois costumam ser referência quando o assunto é qualidade de vida

 

3- Opções de lazer e cultura

Muitas pessoas precisam se deslocar para lugares afastados dos bairros onde moram para acessar equipamentos culturais ou áreas de lazer, que pode ser uma ida ao cinema, ao teatro ou mesmo a uma praia ou lagoa.


 

Em cidades com grande população, as opções de lazer e cultura têm sido concentradas muito mais em atividades nos bairros, de forma comunitária. 


 

Morar num bairro central ou em zonas mais afastadas do centro faz muita diferença. A maioria das cidades brasileiras concentram espaços culturais em regiões centrais, próximas a espaços administrativos da gestão pública

 

Se você tem hábitos mais esportivos é interessante observar se o bairro está equipado ou com boa manutenção para práticas de atividade física ao ar livre ou se existem academias de ginástica, por exemplo.


 

Muitos condomínios também já oferecem uma estrutura cada vez mais completa na qual os moradores preferem fazer tudo dentro do condomínio.


 

Quadra de tênis da Península, na Barra da Tijuca-RJ.

 

4- Lembre-se dos seus deslocamentos fixos 


 

Outro critério importante está relacionado com a rotina de muitos brasileiros e brasileiras que dependem de transporte público acessível e de qualidade. Então, um bairro residencial que oferece opções diversas de deslocamento, como estações de trem ou metrô, pontos de ônibus vai fazer a diferença


 

Quem tem carro próprio e costuma se deslocar em vias com trânsito complicado, deverá preferir bairros que disponham de vias de acesso rápido, com grandes avenidas ou rotas alternativas. 

E dependendo da sua rotina, morar num bairro mais perto do trabalho ou da escola ou faculdade faz uma grande diferença no ganho de tempo e qualidade de vida.

5- Vizinhança


 

Agora, mais do que visitar o bairro onde você pretende morar, que tal conversar com a vizinhança, conhecer os moradores que estão lá a mais tempo? Essa é uma excelente dica também para sentir o acolhimento que o lugar proporciona

Para quem atua de home office, saber que o ambiente no entorno é tranquilo, bem como oferece facilidades para otimizar a gestão do dia pode ser bastante interessante.

E vale a pena tudo: notícias de internet, pesquisa em aplicativos e redes sociais com termos relacionados ao bairro onde você pretende morar, e até mesmo conversar com amigos, pessoas do trabalho ou que você conheça que já frequente ou more na região.


 

Alguns dados estatísticos disponibilizados em sites governamentais, por exemplo, apontam até a lista de bairros com melhor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), que pode ser um bom indicador social para escolha da sua futura moradia.

 

6- Visite o bairro residencial


 

E além de tudo que já pontuamos aqui, que tal conferir de perto o bairro e sentir a experiência com seus próprios olhos? Fica mais fácil interpretar opiniões, conferir notícias e até mesmo perceber todos os pontos, seja de deslocamento, iluminação noturna, acessibilidade. 


 

Ir até o bairro no horário diurno e noturno e conferir o que muda no fluxo de pessoas. Fazer também o exercício de imaginação de como o bairro poderá se tornar com o passar dos anos, inclusive com a construção de um condomínio naquela região. Se já existem outros parecidos ou expectativa de ampliação de moradores na área. 


 

Ver de perto o lugar que você escolheu para morar pode prevenir surpresas desagradáveis quando se compra um imóvel na planta ou na internet sem consultar o terreno ou bairro.


 

Rua Normandia, em Moema-SP.

 

Procurando um bairro residencial para morar?

A Construtora Canopus oferece diversos empreendimentos para a realização do seu sonho de casa própria.


 

A empresa possui 50 anos no mercado imobiliário e é referência nos segmentos de incorporação, construção e vendas de imóveis comerciais e residenciais.


 

Acesse o site e conheça os nossos empreendimentos e encontre aquele que está no bairro que você tanto sonha em morar! 

Compre seu Canopus

Estamos prontos pra tirar todas as suas dúvidas. Entraremos em contato o mais rápido possível.Fale Conosco

Conheça a linha Today Smart Life

Acompanhe a Canopus nas redes sociais
Endereços

Belo Horizonte
Fone: (31) 3281-7070
R. Maria Luiza Santigo, 200
23° andar Ed. Century Tower
Santa Lúcia

São Paulo
Fone: (11) 3044-3030
Rua Fidêncio Ramos, 302
6° andar, Conj. 64, Torre B
Vila Olímpia

Rio de Janeiro
Fone: (21) 3299-8900
Av. das Américas, 3.500
Ed. Hong Kong 2000 Bloco 6, Grupo 501 - Le Monde Office
Barra da Tijuca

Assessoria de imprensa

(11) 2305-9610
(11) 97626-3522
Angélica Kernchen