Rotas Gastronômicas

Se já inventaram algo melhor do que comer, ainda não falaram nada por aqui. E a descoberta de um novo lugar que nos apeteça está totalmente ligada à descoberta de novos cheiros e sabores.

E, realmente, não há maior deleite do que isso!

Se você acha que os melhores pontos turísticos de uma viagem são os pratos típicos e temperos de cada região, você encontrou uma postagem para chamar de sua.

Então, vamos juntos fazer uma pequena viagem pelo Brasil, dono de uma das melhores culinárias do mundo? Esperamos que você se inspire e programe sua próxima viagem!

Mas, antes de começarmos, que tal seguir a gente no Instagram? Por lá, além de várias opções de imóveis, você encontra assuntos bacanas como este para se manter informado!

1. Rota do Queijo, em Minas Gerais

Rota do Queijo - Serra da Canastra

Os laticínios poderiam ser um cartão postal mineiro. A qualidade dessas iguarias é tão grande que, normalmente, quando se fala em queijo mineiro, uma fila é formada para comprar.

Logo, não é surpresa alguma Minas Gerais figurar por aqui, em nossa lista de rotas gastronômicas pelo Brasil! E se você quer começar por essa terra, o desembarque acontece no Parque Nacional da Serra da Canastra.

Isso mesmo, se você conhece um pouco sobre os queijos, logo vai lembrar do Queijo Canastra. As condições da região contribuem diretamente para resultar em um queijo encorpado e bom demais.

Você, sua família ou seu grupo podem visitar as fábricas da região e, obviamente, tirar proveito daquela degustação. Nosso conselho é levar malas extras para levar queijo de presente para todo mundo! Ah! Não esqueça de um delicioso doce de leite para acompanhar!

2. Rota do Vinho, no Rio Grande do Sul

Rota do Vinho - Bento Gonçalves RS

E sabe o que também combina com queijo? Vinho! Aliás, o vinho combina com muitas coisas, como frios, carnes e massas (graças à forte influência italiana na região). Essas são três grandes especialidades desse Estado mais ao sul do país.

Mas se há um tesouro por ali, esse local é Bento Gonçalves. A cidade vive pelo vinho, inclusive a entrada do município é um grande barril do produto!

O pórtico bem-humorado, no entanto, não deixa claro o reconhecimento que seus rótulos têm pelo mundo, competindo com grandes marcas internacionais.

Se você gostou, tente ir ao festival Bento em Vindima, que acontece entre os meses de janeiro e março, e que celebra a colheita da uva.

Na ocasião, muitas atrações tomam conta do local, resgatando e reforçando a cultura e a tradição do vinho. Entre elas, estão a colheita (simbólica), pisa das uvas, corais, jogos italianos e gastronomia típica!

3. Rota do Chocolate, em Gramado

Rota do Chocolate - Gramado RS

De Bento Gonçalves a Gramado é um pulinho (em torno de duas horas de carro), e você pode aproveitar mais uma rota gastronômica irresistível: a do chocolate!

Aprovada para todas as idades, a Rota do Chocolate não poderia “escolher” um lugar mais charmoso do que Gramado para acontecer.

Não apenas o frio é convidativo por lá, mas as (inúmeras) fábricas de chocolate abrem suas portas aos turistas com degustações gratuitas para você escolher seu favorito e levar vários para casa.

Além disso, vale a pena embarcar em roteiros turísticos que levam o visitante para as fábricas, onde aprendemos como é todo processo de produção do chocolate. Bem ao estilo Willy Wonka!

4. Rota do Café, em São Paulo

Rota do Café - São Paulo

O café é mais do que uma bebida, ele é um evento social e faz intimamente parte da nossa cultura. Não por acaso, você vai encontrar Rotas do Café em outros Estados também.

Mas, hoje, focaremos em São Paulo, mais precisamente em Itatiba, onde fica a Fazenda Vila Rica, cuja construção do século XIX representa o tempo colonial no país.

Hoje a Fazenda é uma pousada e restaurante, além de uma casa de eventos e locação para gravações, e oferece passeios pela lavoura e pela estrutura de fabricação do café.

Já em Jaú, a Fazenda Mandaguahy não produz apenas deliciosos e únicos cafés, como também queijos, biscoitos e geleias artesanais. Irresistível é pouco!

Viajando para Santos, que é um dos maiores exportadores de café no mundo, você pode conhecer a Estação do Valongo, que além da arquitetura, também é um marco histórico: era dali que boa parte da produção de café era transportada para outros locais.

Ainda em Santos, o Rei do Café certamente é o principal responsável pela torrefação e moagem dos grãos. Por lá, o maquinário da época ainda é conservado e a degustação de café continua a todo vapor!

5. Rota do Tempero, na Bahia

Rota do Tempero - Bahia

Se a capital baiana não te ganhar pelo visual (duvidamos), com certeza te ganhará pelo sabor. Se você gosta de frutos do mar e uma bela pimenta, vai encontrar em Salvador um amigo para toda vida.

A especialidade pode ser encontrada em praticamente toda esquina, junto com o acarajé e o vatapá, que devem ser experimentados não só em restaurantes, como nas diversas barraquinhas espalhadas pela cidade (ousamos dizer que são os melhores!).

Se você tem medo da famosa pimenta baiana, saiba que muitos restaurantes fazem uma versão light para os turistas e paladares mais sensíveis, mas tente dar uma chance, nem que seja uma gotinha só.

Os baianos amam uma caipirinha carregada e, como todo brasileiro, não dispensam a cerveja gelada. Além de não esquecer da moqueca de lei, não saia de lá sem ter provado a cocada!

Completamos nossa rota com 5 roteiros gastronômicos pelo Brasil, mas saiba que a viagem ainda não terminou! Pois é, o país é enorme e tem muito a oferecer quando falamos em experiências culinárias.

Além destas Rotas Gastronômicas, saiba que, dando um zoom em cada região, você poderá encontrar, ainda, especialidades deliciosas para explorar.

Belo Horizonte, por exemplo, é dona do melhor circuito de bares da vida! Porto Alegre tem churrascos incríveis, mas o xis-gaúcho com certeza é um verdadeiro patrimônio.

Goiânia e sua comida sertaneja de comer rezando! São Paulo, a capital, abriga desde restaurantes conceituados até food trucks. Para comer bem, desembarque por lá.

Mas agora é com você! Pegue sua fome com a vontade de comer e descubra os sabores maravilhosos que nosso país tem a oferecer. E não esqueça de compartilhar com a gente!