por Frederico Batista

 

As novas dinâmicas de trabalho chegaram com força e revolucionaram a forma como  empresas estruturam-se: é muito comum que a presença física das pessoas que exercem trabalhos intelectuais não seja indispensável e elas possam trabalhar de casa ou de outros locais.

 

Não importa se você é um profissional que trabalha em casa todos os dias ou se quer reservar um cantinho em casa para o estudo, confira essas dicas para tornar seu home office mais confortável, bonito, e claro, produtivo:

Cores

Seu home office deve ter o poder de ligar sua “chave interna” da produtividade. Para algumas pessoas, isso significa cores brilhantes e vivas como laranja. Outras pessoas precisam de um ambiente calmo e pacífico azul pastel ou verde musgo.

Texturas

Fica mais fácil desistir de uma planilha quando você está deitado no sofá.

 

As texturas e materiais que compõem seu espaço passam sensações diferentes: você é mais propenso a relaxar e ficar confortável em um espaço mais macio — carpetes, tapetes, poltronas — e isso pode encorajar a procrastinação; ao mesmo tempo, um ambiente branco e metálico pode te deixar inseguro, pressionado e inquieto. Equilíbrio é a palavra chave: combine materiais duros, retos, macios e orgânicos para ter um escritório feito para você em todos os momentos.

Controle seus sentidos

Posicione sua mesa em algum lugar que você possa olhar para algo mais interessante que uma parede lisa quando for descansar seus olhos. Coloque imagens inspiradoras na parede em frente à sua mesa, ou posicione a cadeira para ficar virada para algum ambiente mais interessante. Luz natural é ideal, mas se você reservou um cômodo sem janelas para ser seu novo espaço de trabalho, você pode investir em deixar as paredes o mais dinâmicas possíveis com lousas para manter seu fluxo de tarefas ou notas.

 

 

O som ambiente pode influenciar positiva ou negativamente sua produtividade: quanto mais silencioso e isolado, mais você vai ouvir os micro-sons do ambiente: talvez o tique-toque daquele relógio na parede te atrapalhe a trabalhar em uma sala muito quieta. As cafeterias funcionam tão bem como espaço de trabalho porque o burburinho mantém seus ouvidos ocupados, mas não sobrecarregados.

Home office casual

Se trabalhar de casa todos os dias não é seu negócio e você só precisa de alguns minutos por dia de paz e sossego, um cantinho dedicado a ser o santuário da produtividade é o ideal. Até mesmo uma sala de estar pode acomodar um espaço de trabalho. Utilize uma superfície lisa e desocupada ou adicione uma mesa pequena, uma cadeira confortável e os materiais que você precisa e você tem um espaço para trabalhar naquele relatório, escrever uma carta ou ler o jornal.

Função e forma

Ao mobiliar qualquer ambiente, a primeira coisa que consideramos é a beleza do móvel e o quão bem ele irá complementar o ambiente. Qualquer superfície lisa e estável pode ser sua mesa, mas a cadeira é sua segunda cama: você passa horas sentado nela, então dedique uma parte importante do orçamento para sair do expediente sem uma dorzinha sequer.

 

Encontrar — ou ajustar — a cadeira ideal para você não é questão de matemática, seu próprio corpo pode ser sua régua para as medidas. O assento deve ficar logo abaixo dos joelhos para que, quando você se sentar, seus pés fiquem planos no chão e seus joelhos dobrem noventa graus.

 

Com sua cadeira escolhida, é bem fácil descobrir se você tem a mesa certa: se você não conseguir colocar suas pernas confortavelmente embaixo da mesa, ela está muito baixa; se você precisa levantar seus braços para alcançar o teclado ou caneta e papel, sua mesa está muito alta.

 

Em conjunto com todas essas dicas, lembre-se de fazer algumas pausas para comer, beber água ou mesmo para dar uma refrescada na mente. A forma como o ambiente é construído e como você articula seu horário de trabalho influencia diretamente no resultado da produção!